Sequência didática – Cartas de leitores – de olho nas cartas -2

Flores

Sequência didática- Cartas de leitores – de olho nas cartas – 2

Objetivo

Ler cartas de leitor e dar título

Etapas

Atividade individual

Revistas e periódicos infantis

Pensar em possíveis títulos, devem relatar oralmente a escolha.

Justificar os títulos escolhidos.

Após a atividade formar duplas e realizar a escrita de títulos em duplas.

Atividade para o 4º ano do ensino fundamental de 9 anos.

Material de apoio- Guias de planejamento e orientações didáticas para o professor do 3º ano ciclo I.

Sequência didática – Leitura de reportagens relacionadas a cartas dos leitores

Jornal

Image by Supermariolxpt via Flickr

Sequência didática – Leitura de reportagnes relacionadas a cartas do leitores

Objetivos

Ler reportagens e assumir o papel de leitor participativo.

Compartar cartas identificando a presença de opiniões sustentadas.

Etapas

Organizar os alunos em duplas.

Cópias de reportagens de jornais revistas de circulação social ou científica  e cadernos de registro.

Explique os objetivos da atividade para os alunos e proponha a leitura de reportagem e de cartas dos leitores a ela relacionadas.

Oriente a leitura e análise das cartas observando como a opinião é emitida.

Caso os alunos não identificarem a presença e a justificativa nas cartas, atribuir o mesmo valor argumentativo às cartas.

Modelo de carta enviada para a Revista Ciências Hoje Criança.

Tema: Você sabia que existe um tipo de poluição que ofusca o brilho das estrelas?

Tenho 11 anos e estou no 7º ano. Eu li a matéria que fala sobre a poluição que ofusca o brilho das estrelas, e eu fiquei olhando para o céu de onde eu moro com o céu do interior de Minas Gerais. Realmente aqui temdias que não consigo ver as estrelas direito, e na casa da vovó eu vejo o céu todo estrelado e lá não tem poluição. Gostaria de saber como a Lua aparece no meio da poluição em fotos, e por que às vezes a lua parece maior e outras vezes menor?

Modelo fictício escrevendo sobre a leitura de texto sobre a poluição que ofusca o brilho das estrelas. Revista Ciência hoje das Crianças n°208, ano22, Dezembro de 2009 – 2ª edição.

Material de apoio Guias de Planejamento de Orientação didática do professor de 3º ano do ensino de 8 anos.

 

 

Sequência didática – Carta de leitor- recursos linguísticos

Flores

Image via Wikipedia

Sequência didática – Carta de leitor – Leitura e análise dos recursos linguísitcos discursivos das cartas do leitores

Análise de cartas de leitores

Objetivo: Conhecer o gênero carta de leitor e sua finalidade nos locais em que circula.

Identificar a presença de opinião nas cartas dos leitores.

Comparar cartas com diferentes finalidades.

Etapas: Formar duplas de alunos.

Modelos de Cartas a serem analisadas:

Olá pessoal, amo demais a revista Recreio, principalmente nas seções de Era uma vez, também gosto muito dos materiais de pesquisas escolares.

Ana Julia Silva – SP

Revista Recreio 14/09/2006  ano 7 nº380

 

Olá pessoal!

A Revista RECREIO, é super legal e me ajuda bastante nas pesquisas escolares !

Me divirto muito com as piadinhas, curiosidades e seção de correio.

Beatriz, São Paulo – SP

Revista Recreio 02/08/07 nº 386

Comparar as escritas dos modelos de cartas, como as duplas escreveriam suas cartas, lendo outros modelos  de outras revistas Recreio.

Atividade adequada a partir do 4º ano do ensino fundamental de 9 anos.

Material de apoio Guia de Planejamento e Orientação didática para o professor- Ciclo I SMESP.

Sequência didática – Carta de leitor – Revistas infantis seção de cartas

Tesssstes, Selo

Sequência didática – Carta de leitor – Revistas infantis e análise daa seção destinada às cartas do leitor

Objetivo Conhecer revistas infantis e especialmente as seções de cartas

Etapas : Organizar os alunos em duplas

Materiais – cópias e exemplares de  revistas infantis – exemplo – Revista Recreio

Permitir que os alunos folheiem as revistas e leiam as matérias contidas nelas.

Realizar uma leitura global e preencher a tabela de análise das matérias a serem estudadas, a (a tabela está no post do dia 13/07/2011)

Análise de uma nova tabela (exemplo)

tabela de análise de revista -clicar na tabela para aumentar a imagem

Atividade inicial de análise e postagem para as revistas.

Material de apoio Guia de planejamento e orientação didática livro do professor. 3º ano de 8 anos.

 

Sequência didática – Carta de leitor – leitura e análise de cartas de leitor

Porta-cartas

Image via Wikipedia

Sequência didática – Carta de leitor – leitura  de cartas de leitor e análise do contexto de produção.

Objetivo: Desenvolver procedimento leitor

Estabelecer a relação entre o conteúdo de carta de leitor e a reportagem que originou.

Identificar a opinião do leitor  neste tipo de carta.

Etapas Leitura de cartas de leitores e a reportagem que é baseado a carta.

Permitir aos alunos conhecer modelos de cartas diversas de leitor, algumas  simples e curtas outras longas e mais específicas, tanto em e-mail como em cartas de correio e comentários na página onde encontra o hipertexto, e as várias opiniões que aparecem.

Propor a leitura de três tipos de cartas de leitores, seguida de reflexão sobre a situação de produção de carta e a importância da circulação das mesmas, ter cópias para cada dupla de alunos.

Inserir na tabela abaixo o que  pode ser identificada em cada carta.

Material do Guia de Orientações didática do 3º ano de 8 anos livro do Professor da Secretaria da Educação Municipal de São Paulo.

Tabela para organizar as cartas de leitores se clicar duas vezes a figura amplia.

Sequência didática – Cartas de leitor – troca de opinião sobre reportagens lidas

Golden Lion Tamarin / Mico-Leao-Dourado

Image by Samuca° via Flickr

Sequência didática – Cartas de leitor – troca de opinião sobre reportagens lidas

Objetivo: Investigar com o grupo sobre a esfera jornalística

Incentivar a leitura de materiais jornalísticos de jornais e revistas infantís, com o posicionamento crítico em relação a elas.

Expor as idéias sobre as reportagens lidas.

Etapas: Realizar atividade em momento coletivo, a professora realiza a leitura de uma reportagem, com cópias para cada aluno – leitura compartilhada, pode ser um jornal, a revista Ciência hoje criança, ou  Revista Recreio, para as turmas mais avançadas, a leitura da Revista Galileu.

Esclarecer os objetivos da atividade – leitura compartilhada, e releitura do texto pelos alunos pontuando as opiniões de cada aluno.

Sugestão de questões que surgem durante a leitura.

O que chamou a atenção ?; Há depoimentos?; De onde foi retirado a matéria?;

Conhece este tipo de publicação? É importante a publicação desse tipo de reportagem?

Apresentar um segundo texto onde os alunos elaboram em duplas sugestões de questões.

Esclarecer que uma das atitudes desejadas de um leitor é sempre ter uma opinião sobre o que lê e essa opinião pode ser escrita no espaço carta do leitor.

É importante o registro do aluno, com as questões e opiniões de cada um,   apontando o título dos textos lidos.

Como exemplo uma reportagem sobre moradores da mata Atlântica, em cujo título aparece: Eles cabem em uma régua ( Folhinha de São Paulo).

Revista Ciências hoje criança – como exemplo Você sabia que existiram dinossauros em São Paulo?

Material de apoio Guia de Orientação Didática – livro do professor 3º ano.

Atividade adequada a partir do 4º ano do ensino de 9 anos.

Introdução ao gênero carta de leitor ou carta ao editor

brasil selo aromatico

Introdução ao gênero carta de leitor ou carta ao editor

Em geral as revistas e jornais infantis, impressos e digitais, oferece um espaço destinado ao leitor. Geralmente localizado nas páginas finais das revistas, esta seção recebe diferentes denominações como, Correio, Cartas, Cartas á redação, Painel do Leitor, Mural do leitor, Espaço do leitor.

Nesta seção os leitores divulgam sua opinião sobre o jornal ou a revista ou sobre as matérias lidas, notícias, reportagens, quadrinhos., expressam posições pessoais favoráveis ou contrárias a essas matérias. Alguns solicitam a publicação de matérias sobre assuntos que lhes interessem.

Apesar de serem endereçadas aos editores da revista ou jornal, o leitor as escreve quer vê-las publicadas! Ou seja, o leitor espera que outros leitores a leiam.

Nem todas as cartas enviadas  ao editorial de um meio de comunicação são publicadas. Como exemplo- Os alunos enviaram cartas, à revista Recreio, alguns fizeram desenhos e comentários e outros mandaram comentários e fotos em e-mail, não foram publicadas, mas a revista teve a gentileza de enviar uma carta em resposta aos comentários feitos pelos alunos que leram os conteúdos em sala de aula.

Como as cartas de  leitor ou ao editor, necessitam de:

Título: geralmenterelacionados à representação que deu origem à carta.

Identificação completa do autor, com informações sobre o endereço.

data em que foi escrita.

Organização do discurso sempre em primeira pessoa.

Presença de opinião, podendo ser sustentada ao não.

Comentários concisos, objetivo sobre o veículo de comunicação ou uma matéria lida.

Algumas revistas publicam as cartas e as respsostas dos editores aos leitores.

Num primeiro momento, escolha quais tipos de leituras serão realizados , jornais revistas, gibis, pode realizar um simulado, utilizando uma pessoa da escola ou a própria professora ou grupos de professores, que irão responder as cartas.

Na minha turma, professora da sala de informática organizou o e-mail de cada aluno da sala e eles irão enviar comentários e críticas de um determinado texto, e a professora irá responder.

Atividade para alunos acima do 4º ano do ensino de 9 anos em diante, podendo aumenta o grau de dificuldade para o ensino fundamental II, tanto é que na prova da  Cidade foi solicitado a escrita de uma carta.

Produção de texto – crônica

Copacabana beach - Rio de Janeiro - Brazil

Image via Wikipedia - praia de Cocacabana

Produção de texto – Crônica

Escolha uma crônica a ser lido como modelo para a produção de uma crônica.

Viagem ao Rio

Outro dia fui ao Rio de Janeiro e ficar dois  dias para receber um prêmio  do brinquedo pedagógico produzido pelos meus alunos do 8º ano do ensino fundamental de 9 anos, estava frio e chovendo muito para um dia de primavera.

Ao encontrar o grupo de professores premiados fomos a Copacabana jantar, contei para uma colega que o avião havia balançado muito, e nuvens feias cobriam o céu, sobre as nuvens negras o céu estava azul e  o sol   iluminando  as asas do avião.

Minha colega interrompeu o relato,  onde você viu o céu azul e o sol pois chove a dias aqui no Rio, viajei de ônibus e  só chuva e mais chuva.

Essa minha colega me deu um grande abraço e olhando para mim.

_ Mas que menina de sorte.

Quando fui para o meu quarto no hotel, me senti com sorte mesmo pela oportunidade de de contemplar um céu azul e um maravilhoso sol.

Autora desconhecida.

Explorar o texto e verificar a estrutura de uma crõnica, releia as falas dos personagens, o narrador é o personagem ?

Como sugestão escreva uma crônica a respeito do dia a dia de sua turma de alunos   ou alguma cena curiosa que os alunos presenciaram ou viram ou leram em meios de comunicação

Sempre lembrando que o aluno é o narrador, se participou  da cena na 1ª pessoa ou se só ouviu na 3ª pessoa.

Pode conter diálogos

Título da crônica.

Atividade adequada para alunos a partir do 5º ano do ensino fundamental de 9 anos.

Marerial de apoio estudo de crônicas que aparecem em revista e em jornais.

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta? parte 2

A bit, in colors, of the Atlantic Forest - Bra...

Image by de Paula FJ via Flickr

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta? site Planeta Sustentável

“Ao observar que a biodiversidade não está igualmente distribuída pelo planeta, Myers procurou identificar  em 2008 as regiões que concentram nesse quesito, os mais altos níveis e se perguntou onde as ações de conservação seriam mais urgentes. Esses locais os hotsposts, são, então, um tipo de pronto socorro das espécies, áreas de rica biodiversidade e ameaçadas no mais alto grau, portanto prioritárias para os ambientalistas.”

No Brasi:

Que região compreende o hotpost brasileiro?

O que faz dele um hotspost?

Qual a principal ameaça à região?

Quanto ainda resta da mata original?

Quantas espécies endêmicas encontram-se ameaçadas?

Observação: Espécies Endêmicas

São as espécies que só são encontradas em determinadas regiões geográficas ( em geral, nas regiões de origem). Para algusn autores é sinônimo de espécies nativas.

Hotspost Mata Atlântica

A floresta tropical que cobre grande parte da costa brasileira atinge também o território de nosso vizinhos Uruguai, Paraguai e Argentina.

Extensão original: 1.233.875 km²

Extensão em 2008: 99.944km² (8,1% da cobertur original

Espécies endêmicas ameaçadas em 2008 – 90

Principal ameaça Ocupação humana

Existem vários site com dados atualizados de Hotspost biodiverdidade do Brasil, é só pesquisar o termo acima no Google.

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta? parte 1

Biodiversidade

Image by Agência de Notícias do Acre via Flickr

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta?  parte 1Publicado no Site Planeta Sustentável.Dados coletados em 2008. (necessário uma atualização).  Coletada em http:planetasustentável.abril.uol.com.br/notícia/ambiente/conteudo_239360.shtml(5jan2008)- Guia de Planejamentos e Orientações didáticas para o professor 4º ano ciclo I do ensino de 8 anos DOT-SMESP ( material de apoio para planejamento de atividades. Este  material apresenta – entre 34 pontos indicados por diversas organizações ambientais- os 10 pontos mais críticos do planeta onde a biodiversidade se encontra ameaçada. Estes ponto são chamados de hotspost: são locais que possuem ao menos 1500 espécies de plantas endêmicas e já perderam 70% ou mais de suas áreas originais. Juntas ocupam menos de 3% da is superfície do planeta, mas concentram 50% de todas as espécies vegetais e 42% de todos os vertebrados da Terra.

Esse nome  – hotspost – foi criado em1988 pelo ambientalista britânico Norman Myers para resolver um dos maiores dilemas dos cientistas preocupados com a conservação do planeta: quais os critérios para criar uma área de preservação do ambiente, mantendo a riqueza de espécies na Terra? (continua no próximo post) como este material é de 2008, será necessário realizar uma atualização dos dados dos hotspost sobre biodiversidade.

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 28 outros seguidores