Sequência didática – Cartas de leitores – de olho nas cartas -2

Flores

Sequência didática- Cartas de leitores – de olho nas cartas – 2

Objetivo

Ler cartas de leitor e dar título

Etapas

Atividade individual

Revistas e periódicos infantis

Pensar em possíveis títulos, devem relatar oralmente a escolha.

Justificar os títulos escolhidos.

Após a atividade formar duplas e realizar a escrita de títulos em duplas.

Atividade para o 4º ano do ensino fundamental de 9 anos.

Material de apoio- Guias de planejamento e orientações didáticas para o professor do 3º ano ciclo I.

Sequência didática – Leitura de reportagens relacionadas a cartas dos leitores

Jornal

Image by Supermariolxpt via Flickr

Sequência didática – Leitura de reportagnes relacionadas a cartas do leitores

Objetivos

Ler reportagens e assumir o papel de leitor participativo.

Compartar cartas identificando a presença de opiniões sustentadas.

Etapas

Organizar os alunos em duplas.

Cópias de reportagens de jornais revistas de circulação social ou científica  e cadernos de registro.

Explique os objetivos da atividade para os alunos e proponha a leitura de reportagem e de cartas dos leitores a ela relacionadas.

Oriente a leitura e análise das cartas observando como a opinião é emitida.

Caso os alunos não identificarem a presença e a justificativa nas cartas, atribuir o mesmo valor argumentativo às cartas.

Modelo de carta enviada para a Revista Ciências Hoje Criança.

Tema: Você sabia que existe um tipo de poluição que ofusca o brilho das estrelas?

Tenho 11 anos e estou no 7º ano. Eu li a matéria que fala sobre a poluição que ofusca o brilho das estrelas, e eu fiquei olhando para o céu de onde eu moro com o céu do interior de Minas Gerais. Realmente aqui temdias que não consigo ver as estrelas direito, e na casa da vovó eu vejo o céu todo estrelado e lá não tem poluição. Gostaria de saber como a Lua aparece no meio da poluição em fotos, e por que às vezes a lua parece maior e outras vezes menor?

Modelo fictício escrevendo sobre a leitura de texto sobre a poluição que ofusca o brilho das estrelas. Revista Ciência hoje das Crianças n°208, ano22, Dezembro de 2009 – 2ª edição.

Material de apoio Guias de Planejamento de Orientação didática do professor de 3º ano do ensino de 8 anos.

 

 

Sequência didática – Carta de leitor- recursos linguísticos

Flores

Image via Wikipedia

Sequência didática – Carta de leitor – Leitura e análise dos recursos linguísitcos discursivos das cartas do leitores

Análise de cartas de leitores

Objetivo: Conhecer o gênero carta de leitor e sua finalidade nos locais em que circula.

Identificar a presença de opinião nas cartas dos leitores.

Comparar cartas com diferentes finalidades.

Etapas: Formar duplas de alunos.

Modelos de Cartas a serem analisadas:

Olá pessoal, amo demais a revista Recreio, principalmente nas seções de Era uma vez, também gosto muito dos materiais de pesquisas escolares.

Ana Julia Silva – SP

Revista Recreio 14/09/2006  ano 7 nº380

 

Olá pessoal!

A Revista RECREIO, é super legal e me ajuda bastante nas pesquisas escolares !

Me divirto muito com as piadinhas, curiosidades e seção de correio.

Beatriz, São Paulo – SP

Revista Recreio 02/08/07 nº 386

Comparar as escritas dos modelos de cartas, como as duplas escreveriam suas cartas, lendo outros modelos  de outras revistas Recreio.

Atividade adequada a partir do 4º ano do ensino fundamental de 9 anos.

Material de apoio Guia de Planejamento e Orientação didática para o professor- Ciclo I SMESP.

Sequência didática – Carta de leitor – Revistas infantis seção de cartas

Tesssstes, Selo

Sequência didática – Carta de leitor – Revistas infantis e análise daa seção destinada às cartas do leitor

Objetivo Conhecer revistas infantis e especialmente as seções de cartas

Etapas : Organizar os alunos em duplas

Materiais – cópias e exemplares de  revistas infantis – exemplo – Revista Recreio

Permitir que os alunos folheiem as revistas e leiam as matérias contidas nelas.

Realizar uma leitura global e preencher a tabela de análise das matérias a serem estudadas, a (a tabela está no post do dia 13/07/2011)

Análise de uma nova tabela (exemplo)

tabela de análise de revista -clicar na tabela para aumentar a imagem

Atividade inicial de análise e postagem para as revistas.

Material de apoio Guia de planejamento e orientação didática livro do professor. 3º ano de 8 anos.

 

Sequência didática – Carta de leitor – leitura e análise de cartas de leitor

Porta-cartas

Image via Wikipedia

Sequência didática – Carta de leitor – leitura  de cartas de leitor e análise do contexto de produção.

Objetivo: Desenvolver procedimento leitor

Estabelecer a relação entre o conteúdo de carta de leitor e a reportagem que originou.

Identificar a opinião do leitor  neste tipo de carta.

Etapas Leitura de cartas de leitores e a reportagem que é baseado a carta.

Permitir aos alunos conhecer modelos de cartas diversas de leitor, algumas  simples e curtas outras longas e mais específicas, tanto em e-mail como em cartas de correio e comentários na página onde encontra o hipertexto, e as várias opiniões que aparecem.

Propor a leitura de três tipos de cartas de leitores, seguida de reflexão sobre a situação de produção de carta e a importância da circulação das mesmas, ter cópias para cada dupla de alunos.

Inserir na tabela abaixo o que  pode ser identificada em cada carta.

Material do Guia de Orientações didática do 3º ano de 8 anos livro do Professor da Secretaria da Educação Municipal de São Paulo.

Tabela para organizar as cartas de leitores se clicar duas vezes a figura amplia.

Sequência didática – Cartas de leitor – troca de opinião sobre reportagens lidas

Golden Lion Tamarin / Mico-Leao-Dourado

Image by Samuca° via Flickr

Sequência didática – Cartas de leitor – troca de opinião sobre reportagens lidas

Objetivo: Investigar com o grupo sobre a esfera jornalística

Incentivar a leitura de materiais jornalísticos de jornais e revistas infantís, com o posicionamento crítico em relação a elas.

Expor as idéias sobre as reportagens lidas.

Etapas: Realizar atividade em momento coletivo, a professora realiza a leitura de uma reportagem, com cópias para cada aluno – leitura compartilhada, pode ser um jornal, a revista Ciência hoje criança, ou  Revista Recreio, para as turmas mais avançadas, a leitura da Revista Galileu.

Esclarecer os objetivos da atividade – leitura compartilhada, e releitura do texto pelos alunos pontuando as opiniões de cada aluno.

Sugestão de questões que surgem durante a leitura.

O que chamou a atenção ?; Há depoimentos?; De onde foi retirado a matéria?;

Conhece este tipo de publicação? É importante a publicação desse tipo de reportagem?

Apresentar um segundo texto onde os alunos elaboram em duplas sugestões de questões.

Esclarecer que uma das atitudes desejadas de um leitor é sempre ter uma opinião sobre o que lê e essa opinião pode ser escrita no espaço carta do leitor.

É importante o registro do aluno, com as questões e opiniões de cada um,   apontando o título dos textos lidos.

Como exemplo uma reportagem sobre moradores da mata Atlântica, em cujo título aparece: Eles cabem em uma régua ( Folhinha de São Paulo).

Revista Ciências hoje criança – como exemplo Você sabia que existiram dinossauros em São Paulo?

Material de apoio Guia de Orientação Didática – livro do professor 3º ano.

Atividade adequada a partir do 4º ano do ensino de 9 anos.

Introdução ao gênero carta de leitor ou carta ao editor

brasil selo aromatico

Introdução ao gênero carta de leitor ou carta ao editor

Em geral as revistas e jornais infantis, impressos e digitais, oferece um espaço destinado ao leitor. Geralmente localizado nas páginas finais das revistas, esta seção recebe diferentes denominações como, Correio, Cartas, Cartas á redação, Painel do Leitor, Mural do leitor, Espaço do leitor.

Nesta seção os leitores divulgam sua opinião sobre o jornal ou a revista ou sobre as matérias lidas, notícias, reportagens, quadrinhos., expressam posições pessoais favoráveis ou contrárias a essas matérias. Alguns solicitam a publicação de matérias sobre assuntos que lhes interessem.

Apesar de serem endereçadas aos editores da revista ou jornal, o leitor as escreve quer vê-las publicadas! Ou seja, o leitor espera que outros leitores a leiam.

Nem todas as cartas enviadas  ao editorial de um meio de comunicação são publicadas. Como exemplo- Os alunos enviaram cartas, à revista Recreio, alguns fizeram desenhos e comentários e outros mandaram comentários e fotos em e-mail, não foram publicadas, mas a revista teve a gentileza de enviar uma carta em resposta aos comentários feitos pelos alunos que leram os conteúdos em sala de aula.

Como as cartas de  leitor ou ao editor, necessitam de:

Título: geralmenterelacionados à representação que deu origem à carta.

Identificação completa do autor, com informações sobre o endereço.

data em que foi escrita.

Organização do discurso sempre em primeira pessoa.

Presença de opinião, podendo ser sustentada ao não.

Comentários concisos, objetivo sobre o veículo de comunicação ou uma matéria lida.

Algumas revistas publicam as cartas e as respsostas dos editores aos leitores.

Num primeiro momento, escolha quais tipos de leituras serão realizados , jornais revistas, gibis, pode realizar um simulado, utilizando uma pessoa da escola ou a própria professora ou grupos de professores, que irão responder as cartas.

Na minha turma, professora da sala de informática organizou o e-mail de cada aluno da sala e eles irão enviar comentários e críticas de um determinado texto, e a professora irá responder.

Atividade para alunos acima do 4º ano do ensino de 9 anos em diante, podendo aumenta o grau de dificuldade para o ensino fundamental II, tanto é que na prova da  Cidade foi solicitado a escrita de uma carta.

Produção de texto – crônica

Copacabana beach - Rio de Janeiro - Brazil

Image via Wikipedia - praia de Cocacabana

Produção de texto – Crônica

Escolha uma crônica a ser lido como modelo para a produção de uma crônica.

Viagem ao Rio

Outro dia fui ao Rio de Janeiro e ficar dois  dias para receber um prêmio  do brinquedo pedagógico produzido pelos meus alunos do 8º ano do ensino fundamental de 9 anos, estava frio e chovendo muito para um dia de primavera.

Ao encontrar o grupo de professores premiados fomos a Copacabana jantar, contei para uma colega que o avião havia balançado muito, e nuvens feias cobriam o céu, sobre as nuvens negras o céu estava azul e  o sol   iluminando  as asas do avião.

Minha colega interrompeu o relato,  onde você viu o céu azul e o sol pois chove a dias aqui no Rio, viajei de ônibus e  só chuva e mais chuva.

Essa minha colega me deu um grande abraço e olhando para mim.

_ Mas que menina de sorte.

Quando fui para o meu quarto no hotel, me senti com sorte mesmo pela oportunidade de de contemplar um céu azul e um maravilhoso sol.

Autora desconhecida.

Explorar o texto e verificar a estrutura de uma crõnica, releia as falas dos personagens, o narrador é o personagem ?

Como sugestão escreva uma crônica a respeito do dia a dia de sua turma de alunos   ou alguma cena curiosa que os alunos presenciaram ou viram ou leram em meios de comunicação

Sempre lembrando que o aluno é o narrador, se participou  da cena na 1ª pessoa ou se só ouviu na 3ª pessoa.

Pode conter diálogos

Título da crônica.

Atividade adequada para alunos a partir do 5º ano do ensino fundamental de 9 anos.

Marerial de apoio estudo de crônicas que aparecem em revista e em jornais.

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta? parte 2

A bit, in colors, of the Atlantic Forest - Bra...

Image by de Paula FJ via Flickr

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta? site Planeta Sustentável

“Ao observar que a biodiversidade não está igualmente distribuída pelo planeta, Myers procurou identificar  em 2008 as regiões que concentram nesse quesito, os mais altos níveis e se perguntou onde as ações de conservação seriam mais urgentes. Esses locais os hotsposts, são, então, um tipo de pronto socorro das espécies, áreas de rica biodiversidade e ameaçadas no mais alto grau, portanto prioritárias para os ambientalistas.”

No Brasi:

Que região compreende o hotpost brasileiro?

O que faz dele um hotspost?

Qual a principal ameaça à região?

Quanto ainda resta da mata original?

Quantas espécies endêmicas encontram-se ameaçadas?

Observação: Espécies Endêmicas

São as espécies que só são encontradas em determinadas regiões geográficas ( em geral, nas regiões de origem). Para algusn autores é sinônimo de espécies nativas.

Hotspost Mata Atlântica

A floresta tropical que cobre grande parte da costa brasileira atinge também o território de nosso vizinhos Uruguai, Paraguai e Argentina.

Extensão original: 1.233.875 km²

Extensão em 2008: 99.944km² (8,1% da cobertur original

Espécies endêmicas ameaçadas em 2008 – 90

Principal ameaça Ocupação humana

Existem vários site com dados atualizados de Hotspost biodiverdidade do Brasil, é só pesquisar o termo acima no Google.

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta? parte 1

Biodiversidade

Image by Agência de Notícias do Acre via Flickr

Onde a biodiversidade está mais ameaçada no planeta?  parte 1Publicado no Site Planeta Sustentável.Dados coletados em 2008. (necessário uma atualização).  Coletada em http:planetasustentável.abril.uol.com.br/notícia/ambiente/conteudo_239360.shtml(5jan2008)- Guia de Planejamentos e Orientações didáticas para o professor 4º ano ciclo I do ensino de 8 anos DOT-SMESP ( material de apoio para planejamento de atividades. Este  material apresenta – entre 34 pontos indicados por diversas organizações ambientais- os 10 pontos mais críticos do planeta onde a biodiversidade se encontra ameaçada. Estes ponto são chamados de hotspost: são locais que possuem ao menos 1500 espécies de plantas endêmicas e já perderam 70% ou mais de suas áreas originais. Juntas ocupam menos de 3% da is superfície do planeta, mas concentram 50% de todas as espécies vegetais e 42% de todos os vertebrados da Terra.

Esse nome  - hotspost – foi criado em1988 pelo ambientalista britânico Norman Myers para resolver um dos maiores dilemas dos cientistas preocupados com a conservação do planeta: quais os critérios para criar uma área de preservação do ambiente, mantendo a riqueza de espécies na Terra? (continua no próximo post) como este material é de 2008, será necessário realizar uma atualização dos dados dos hotspost sobre biodiversidade.

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.