Números decimais – uso da calculadora

English: Foraminifera "Star sand" Ha...

Image via Wikipedia

Objetivo -Permitir que o aluno através do uso da calculadora conheça o cálculo de números decimais.

Utilizar o Sistema Monetário Brasileiro, como listas de compras e realizar o cálculo das operações matemáticas ( adição, subtração, multiplicação, divisão) e o cálculo de frações.

Atividade: Confeccionar uma lista de supermercado, os alunos pesquisarão junto aos pais os valores de cada produto, às vezes somando ou subtraindo valores, quantidades de produtos iguais verificando na divisão o valor unitário

multiplicando os produtos que foram comprados em dobrou ou dividindo quando comprados pela metade.

Os alunos também podração comparar os valores quebrados dos centavos onde muitas vezes não esiste o troco pois é calculado em centavos ( 1 centavo).

Atividade para o 4º/5º ano do ensino fundamental I.

Anúncios

Números racionais: sugestão de atividades para o 4º/5º ano

Software sin medidaOs números racionais no contexto diário: os alunos irão observar em textos e manchetes de jornais como esses números aparecem e como podem interpretá-los como 3,6 % de um determinado grupo não gosta de chocolate, podemos verificar quantos são os que gostam de chocolate.

Dividindo figuras: estabelecer a relação entre a parte e o todo e razão.

Usando a calculadora, os alunos serão convidados a refleter sobre as regularidades dos números racionais, verificando que as regras de organização dos números naturais não valem para os decimais, quer seja na forma decinal ou fracional.

Comparar os números racionais – análise de uma situação problema que envolvem valores de vendas e compras a partir deles tormar decisões considerando as vantagens que se teria em cada situação.

Jogos das representações decimais: colocar em jogo os conhecimentos contruídos como os racionais para poder compará-los.

Material de apoio Guia de Panejamento e Orientações didáticas para o professos do 4º/5º ano do ensino fundamental I.

Atividade – estudo de itinerários, mapas e roteiros

Magellan Blazer12 GPS Receiver.

Image via Wikipedia

Contempla a esfera cotidiana- Brincando de GPS

Objetivo: descrever itinerário, ajustando ao gênero, aos propósitos, ao destinatário e ao contexto de circulação previsto.

Participar de intercâmbio oral, formulando perguntas.

Atividade:

Formule questões com os alunos oralmente tais como:

1. Em que rua você mora? Fica perto ou longe da escola? Que meios de transporte você usa para vir até a escola?

2. Que caminho você faz para vir de sua casa à escola?

3. O caminho de ida é igual ao caminho de volta? Se não for igual, qual a diferença? Por que é diferente?

4. Se você tivesse um mapa como você realizaria o percurso até a escola?

Os alunos em geral apresentam dificuldade em usar os marcadores espaciais como seguir”à direita” ou “à esquerda” ou “em frente”. Por isso é interessante ir para a sala de informática ou pesquisar na internet em casa no Google Maps (http://maps.google.com.br/) ou outra ferramenta semelhante.


Material de apoio:  Caderno de apoio e aprendizagem Língua Portuguesa Livro do professor 5º ano do ensino de 9 anos.

 

Atividades de alfabetização parte 2

Flores

Flores (Photo credit: Lucy Nieto)

Realizar atividades onde o aluno aprende, comunica, informa, com características próprias de um determinado gênero.

Cantigas, parlendas – Fazer um caderno de parlendas e de cantigas – desenvolvendo uma atividade  onde o aluno pssa ter acesso a um comportamento leitor e escritor.

Neste momento a leitura e voz alta do professor é importante, a leitura deverá ser diária, diversificando os gêneros lidos , abrindo uma roda de conversa onde os alunos vão expressar o que já sabem e o que aprenderam.

As cantigas e as parlendas podem entrar como projeto didático, trabalhados pelo menos duas vezes por semana, com a escrita de memória dos aluno a professora como escriba, os educandos vão ajustando a fala com a escrita da professora até chegar a um produto final.

Alfabetização – parte 1

Um Maravilhoso fim de semana (Have a wonderful...

Levantamento prévio do que as crianças já sabem, em um mundo onde palavras e frases aparecem nas mídias e no comércio levam o aluno a conhecer várias palavras.

A professora poderá realizar uma sondagem de seus alunos solicitando que escrevam palavras do mesmo campo semântico, como brincadeiras favoritas ou alimentos favoritos, e cada criança escreve e realizam a leitura de acordo com os níveis de alfabetização.

A professora poderá formar grupos produtivos entre crianças de níveis diferenciados para que a criança que está numa determinada etapa de conhecimento  com uma outra que possui um  pouco mais de conhecimento da escrita  , elas vão discutir a escrita e a leitura, até chegar a uma escrita, isso permite o avança de todos.

Sempre realizar a mesma atividade tanto para alunos alfabéticos como não alfabéticos, isso permitirá o avanço de todos.

Sempre realizar atividades com foco no sistema de escrita, que levem as crianças a refletirem sobre o que estão lendo ou escrevendo.

Neste momento a escrita deve ser espontânea e não cópias de palavras.

Realize a contação de história – uma história que os alunos sabem de memória, listas de nomes.

Ter um ambiente alfabetizador onde o aluno possa apoiar o seu conhecimento com a escrita e a leitura, neste momento trabalhar com o NOME é importante, os alunos vão utilizar a lista de nomes que está afixado em sala de aula para localizar e escrever nomes de amigos e colegas de sala, e escrever palavras novas utilizando os instrumentos de um ambiente alfabetizador.

Pode ser realizado qualquer tipo de listas voltadas para o sistema de escrita e leitura.

Esta etapa inicial de alfabetização foi realizado por mim,  participei de diversos cursos de alfabetização – particularmente o PROFA , que me repertoriou de forma a aplicar as atividades com os alunos.

Quando iniciamos a alfabetização com os alunos o nosso nível de ansiedade é alto,  com o passar do tempo os alunos vão se tornando alfabéticos, o início de um longo caminho para ser considerado alfabetizado 

Atividade de listas do mesmo campo semântico

English: Computer-globe

Image via Wikipedia

Podemos realizar atividade com nossos alunos do 1º e 2º ano de 9 anos com listas do mesmo campo semântico:

Listas de frutas, animais, objetos que temos na mochila, no quarto, na sala de aula entre outros.

Material: Letras móveis, lápis, borracha, papel sulfite.

O ideal é o sulfite pois não apresenta linhas, cada criança vai realizar a atividade de acordo com o nível de alfabetização, desde o pré silábico que pode escrever usando sinais, ou nas letras móveis utilizando letras e números.

Exemplo: maçã – pode usar o seu nome ia3lrios6+

O nível silábico sem valor : a mesma palavra pode aparecer smiiii

O nível com valor em vogais depois em consoantes : flor tulipa – uia depois tla

O nível silábico alfabético _ tuipa

Finalmente: O nível alfabético tulipa

Podemos apresentar a palavra correta em painéis onde as crianças vão aos poucos associando o som com a letra. E com a letras móveis pode verificar se está faltando letras.

Após a escrita pedir para os alunos lerem cada palavra escrita, muitas vezes realizam a autocorreção.

Atividade para o primeiro dia de aula -sugestão 5º ano

 

Photo of the Dragão stadium symbol.

Image via Wikipedia

No primeiro dia de aula, realizar a recepção dos alunos, trocar idéias na roda de conversa, e temos 5 horas de aula. Podemos fazer roda de leitura, leitura de livros e gibis, revisão de contas no campo a ditivo e multiplicativo, os alunos gostam bastante de matemática.

Podemos escolher uma figura no caso do 5º ano, vamos estudar mitos e lendas assim escolhi, um dragão, podemos conversar sobre o ano do dragão do calendário chinês, e perguntar aos alunos se existem animais que possam se assemelhar ao dragão, pedir aos alunos um a produção de texto utilizando um dragão, como sugestão “O dragão azarado”, humanizar o personagem no nosso cotidiano, no faz de conta. 

Entradas Mais Antigas Anteriores