Atividades de alfabetização parte 2

Flores

Flores (Photo credit: Lucy Nieto)

Realizar atividades onde o aluno aprende, comunica, informa, com características próprias de um determinado gênero.

Cantigas, parlendas – Fazer um caderno de parlendas e de cantigas – desenvolvendo uma atividade  onde o aluno pssa ter acesso a um comportamento leitor e escritor.

Neste momento a leitura e voz alta do professor é importante, a leitura deverá ser diária, diversificando os gêneros lidos , abrindo uma roda de conversa onde os alunos vão expressar o que já sabem e o que aprenderam.

As cantigas e as parlendas podem entrar como projeto didático, trabalhados pelo menos duas vezes por semana, com a escrita de memória dos aluno a professora como escriba, os educandos vão ajustando a fala com a escrita da professora até chegar a um produto final.

Anúncios

Alfabetização – parte 1

Um Maravilhoso fim de semana (Have a wonderful...

Levantamento prévio do que as crianças já sabem, em um mundo onde palavras e frases aparecem nas mídias e no comércio levam o aluno a conhecer várias palavras.

A professora poderá realizar uma sondagem de seus alunos solicitando que escrevam palavras do mesmo campo semântico, como brincadeiras favoritas ou alimentos favoritos, e cada criança escreve e realizam a leitura de acordo com os níveis de alfabetização.

A professora poderá formar grupos produtivos entre crianças de níveis diferenciados para que a criança que está numa determinada etapa de conhecimento  com uma outra que possui um  pouco mais de conhecimento da escrita  , elas vão discutir a escrita e a leitura, até chegar a uma escrita, isso permite o avança de todos.

Sempre realizar a mesma atividade tanto para alunos alfabéticos como não alfabéticos, isso permitirá o avanço de todos.

Sempre realizar atividades com foco no sistema de escrita, que levem as crianças a refletirem sobre o que estão lendo ou escrevendo.

Neste momento a escrita deve ser espontânea e não cópias de palavras.

Realize a contação de história – uma história que os alunos sabem de memória, listas de nomes.

Ter um ambiente alfabetizador onde o aluno possa apoiar o seu conhecimento com a escrita e a leitura, neste momento trabalhar com o NOME é importante, os alunos vão utilizar a lista de nomes que está afixado em sala de aula para localizar e escrever nomes de amigos e colegas de sala, e escrever palavras novas utilizando os instrumentos de um ambiente alfabetizador.

Pode ser realizado qualquer tipo de listas voltadas para o sistema de escrita e leitura.

Esta etapa inicial de alfabetização foi realizado por mim,  participei de diversos cursos de alfabetização – particularmente o PROFA , que me repertoriou de forma a aplicar as atividades com os alunos.

Quando iniciamos a alfabetização com os alunos o nosso nível de ansiedade é alto,  com o passar do tempo os alunos vão se tornando alfabéticos, o início de um longo caminho para ser considerado alfabetizado