Levantamento de conhecimento prévio de um tema sobre Meio Ambiente

Objetivos:

Recuperar os conhecimentos prévios sobre um determinado tema, por exemplo montar um mapa geral soa desequilíbrios do planeta provocados pelo homem, suas causas e suas consequências.

Iniciar uma discussão a respeito das questões ambientais de atualidade.

Relacionar as questões discutidas, para que possamos estabelecer uma abordagem temática sobre a Mata Atlântica.

Etapas: Organizar os alunos em grupos e discutir sobre o assunto.

Cópias para todos os alunos sobre o tema estudado.

Temas: Reflexão sobre as consequências da ação humana no meio ambiente com a seguinte frase: “Desequilíbrios provocados pelo homem”

O desmatamento é uma ação do homem que acarreta várias consequências para sua vida.

A partir de um texto introdutório publicado sobre o meio ambiente, questões como:

Você considera que a Terra ou o meio ambiente estão doentes?

Se você concordar quais seriam as doenças da Terra? Explique

Registre suas observações no caderno.

Atividade para o 4º/5º ano do ensino fundamental I

Material de Apoio – Guia de orientações e planejamento livro do professor 4º/5º ano.

 

Anúncios

Outros modelos de atividades para o sistema de monetário brasileiro

Problemas sobre troco

1. Gabriel trabalha em um supermercado como empacotador e ajuda as pessoas a levarem suas compras até o carro. Elr ganha algumas gorjetas. Ao entrar para o serviço de manhã, observou que tinha R$ 2,55. No final da tarde, ao conferir o dinheiro, verificou que tinha R$ 11,75. Quanto ele ganhou de gorjeta nesse dia?

2- Maria foi à padaria e gastou R$ 3,05 com pãezinhos e R$ 2,50 com um litro de leite. Ela pagou com uma nota de R$ 10,00. Quanto recebeu de troco?

Pagando pres

Dia do amigo

Dia do amigo

Hoje dia 20 de julho é o dia do amigo.

Agradeço a todas as pessoas que visualizam os posts e dexam comentários, que tenha um bom dia do amigo próximo aos seus.

Sequência didática- Cartas de leitores – de Olho nas Cartas

Flores de Almendro

Image by trebol-a via Flickr

Sequência didática – Cartas deleitores – de olho nas cartas

Objetivo

Ler cartas de leitores identificando os organizadores textuais.

Etapas:

Atividade em duplas de alunos.

Cópias de cartas para serem lidos pelos alunos

Circular palavras em que destaque introduzem explicações/justificativa da opinião emitida.

Solicitar aos alunos o registro dos resultados no quadro negro.

Comentar com os alunos as funções das palavras conectoras, estabelecem uma informação que indicam contraste (mas, porém, entretanto…) idéias ou considerações menos importantes (, até, até mesmo, ainda…), doma de idéias ( e, também…), relação de causa e consequências ( porque, pois, portanto,…).

Lembrete: A análise linguístico-discursiva refere-se ao estudo dos recursos expressivos de língua usados na construção de sentidos do texto, considerando a sua relação com o contexto de produção, quem são os interlocutores (papel social), e quais são os seus interesses, com que finalidade o texto foi escrito, onde e quando circula ou circulou… Enfim, é uma análise que busca explicitar como isto interfere na seleção dos recursos da língua. No decorrer das atividades serão destacados exemplos deste tipos de exploração.

O que foi possível observar?

Que idéia traduzem essas palavras em destaque nas cartas feitas pelos alunos?

Material de apoio -Guias de planejamento e orientação didática livro do professor do 3º ano do ensino de 8 anos – SMESP.

 

Qual é o número?

As minha continhas =D

Atividade – Qual é o número?

Objetivo : Utilizar a decomposição das escritas numéricas para a realização do cálculo de adição.

Analisar e validar ( ou não )resultados obtidos por estratégias pessoais de cálculo de adição.

Encaminhamento: propor aos alunos uma competição cooperativa, forme grupos, lê a questão e o componente do grupo sorteado responde, a cada duas questões novo grupo formula as questões, se um dos grupos tiver dificuldade para responder outros grupos podem ajudar. Os números respondidos são escritos no quadro.

Exemplo de atividade

Paulo e seus amigos  estavam brincando de advinhar números veja se você consegue adivinhar alguns sem usar lápis papel ou calculadora.

a). Pense em um número, some 20 e o resultado foi 70. Que número é esse?___

b). Pensei em um número , somei 200  e o resultado foi 700. Em que número pensei? ___

c). Pensei em um número e somei 40 o resultado foi 80, em que número pensei?

___

Sequência didática: Estudo de pontuação -3

Sequência didática: Estudo de pontuação -3

Atividade utilizando a leitura e escrita de crônicas.

Estudando maneiras de introduzir as falas dos personagens

Objetivo: Analisando duas maneiras de introduzir o discurso do personagem na fala do narrador, o discurso direto e o indireto.

Reconhecer os efeitos de sentido de cada uma das maneiras que o leitor produz.

Nomear com termos linguísticos adequados.

Etapas: Formação de duplas que ao final da atividade deverão apresentar suas conclusões.

Distribuição do texto de uma crônica  para cada aluno realizar a leitura e estudar os discursos diretos e indiretos do texto.

Transformar os discursos direto e indireto sob a ótica do leitor.

De acordo como texto de uma crônica a ser trabalhado, a professora tem a intenção de levar o aluno a perceber que o discurso direto em geral retrata com mais fidelidade as reações e emoções de quem fala, do personagem presente no texto.

Já no discurso indireto, as reações e emoções estão presentes na fala do narrador, provocando um certo distanciamento do leitor com o personagem.

Finalizar com as conclusões que as duplas chegarm sobre o estudo.

Material: A professora pode selecionar um trecho da crônica estudada, passando o trecho com discurso direto e o mesmo trecho com o discurso indireto.

Pode-se formular questões  sobre qual texto dá a impressão de retratar com mais fidelidade as reações de que fala diante da situação que possa aparecer?

Registrar qual texto é discurso direto ou indireto.

Atividade a partir do 5º ano do ensino de 9 anos.

Material de apoio Guia de orientação didática – livro do professor 4º ano do ensino de  8 anos.

Desafio matemático -9

Desafio matemático – 9

Confusão de bombons

A bondosa vovó Maria de de presente uma caixa de bombons para seus netos: Tião Sabidão, Neco Quieto e Tico Nanico. Só que, na hora de repartir, os três avançaram na pobre da caixa  e pegaram o que coube em suas mãos. Com iss, Tião pegou três vezes mais bombons do que Tico. Mais tarde, Tião se arrependeu e, com pena de Tico, deu-lhe 15 bombons. A partir desse momento, Tião e Tico ficaram com quantidades igausi. Quantos bombons havia na caixa, afinal?

Entradas Mais Antigas Anteriores