O que e como produzimos? História

A pair of In-N-Out cheeseburgers.

alimentos prontos de fast-food Image via Wikipedia

Produção e cultura- Alimentos de produção e consumo

História conteúdo  inserido em Natureza e sociedade.

Alimentos de produção ao consumo

Procurar desenvolver atividades dos habitantes da cidade ( comida caseira, pré-pronta, fast-food) e suas mudanças no tempo – os alunos podem realizar pesquisas , ver receitas e alimentos consumidos no passado.

Identificar processos de produção de conservação, de circulação de alimentos e a circulação desse alimentos na cidade.

Localizar o CEAGESP, em São Paulo, capital comparando com outras localidades a produção e o abastecimento. Fazer uma visita com a família a comércios e feira livres, verificando os produtos oferecidos.

materiais da produção e uso sustentável

Identificar diferentes relações de trabalho entre os moradores da cidade de São Paulo no presente e no passado nas relações de produção inicial de alimentos, sua distribuição, indústrias alimentícias, a produção de alimentos sustentáveis.

Atividade para alunos a partir do 4º ano do ensino de 9 anos.

Anúncios

Sequência didática: Ciência na cozinha -1( como nos alimentamos?)

Suave perfume na cozinha...

Suave perfume da cozinha

Sequência didática: Ciência na cozinha-1( como nos alimentamos?)

Justificativa da atividade: estamos a um mês e alguns dias para o período de recesso escolar, os projeto Horta está em andamento e sobre como produzimos e como nos alimentamos está quase encerrando.

Neste momento vamos estudar e termos um olhar sobre a cozinha de um jeito diferente,é onde a professora os alunos e outras pessoas da família experimentam, o cheiro e o gostos dos alimentos feitos lá em cada cozinha de cada aluno, ajuda a entender de forma interessante o mundo que nos cerca, pois somos o que nos alimentamos.

Sensibilização: Leitura de um texto

“Qual é o lugar mais importante da sua casa?” Eu acho que essa é uma boa pergunta para início de uma sessão de psicanálise. Porque quando a gente revela qual é o lugar mais importante da casa, a gente também revela o lugar preferido da alma. Nas Minas Gerais onde nasci o lugar mais importante era a cozinha. Não era o mais chique nem o mais arrumado. Lugar chique e arrumado era a sala de visitas, com bibelôs, retratos ovais nas paredes, espelhos e tapete no chão. Na sala de visita as cria~ças se comportavam bem, eram só sorrisos e todos usavam máscaras. Na cozinha era diferente era a gente mesmo, fogo fome e alegria.”

(Trecho de A cozinha. Rubem Alves, Correio Popular, 19 de março de 2000. Caderno C. obtido  no livro de Ciências do 6º ano do ensino de 8 anos do ano de 2003, sem capa sem o referencial do autor do livro.

Após a leitura do trecho do texto abrir uma roda de conversa onde os alunos vão relatar como é estar na cozinha e sentir os vários cheiros de alimentos bons ou ruins, a professora também pode relatar sobre a cozinha em sua infância quando não existiam alimento pré prontos ou de fast food, que tudo era feito em casa.

Neste momento estaremos estudando os temperos e conservas de alimentos. Atividade para todos os anos do ensino fundamental I